logo d academica

Frequently Asked Questions - All FAQs

Please select your question category

Search FAQs
View all frequently asked questions
View featured frequently asked questions

A Biblioteca está disponível para todos os utilizadores, mas define três tipos de utilizadores: utilizadores internos – utilizadores que se encontram vinculados à  FA, docentes, alunos, e funcionários da FA; utilizadores da UL – utilizadores que façam parte das unidades orgânicas da ULisboa, docentes, alunos e funcionários; utilizadores visitantes - os utilizadores que não pertencem nem à FA, ou à ULisboa.

Solicitar qualquer informação sobre as normas e serviços da Biblioteca, utilizar os seus espaços nas condições previstas pelo Regulamento; utilizar o serviço de fotocópias respeitando os direitos de autor; utilizar os terminais informáticos disponíveis, consultar o catálogo, usufruir dos serviços de empréstimo, e apresentar sugestões ou reclamações. A apresentação da proposta de sugestão ou de reclamação, deverá ser feita através o preenchimento de um impresso “ Sugestão ou reclamação”, disponível online.

Cumprir o com o Regulamento; adotar uma conduta cívica adequada perante todos utilizadores e técnicos da Biblioteca; alertar os técnicos da Biblioteca para situações anómalas (livros em mau estado de conservação, ou mau estado de conservação dos equipamentos); zelar pela integridade das instalações e equipamentos, abstendo-se de qualquer conduta que lhes provoque danos; zelar pela guarda dos seus objetos deixados nas mesas de apoio à consulta da documentação, pois a Biblioteca não se responsabiliza pelo seu eventual desaparecimento; comunicar aos Serviços da Biblioteca a alteração de dados pessoais, nomeadamente na alteração de morada, contactos de telemóvel e de endereço electrónico; apresentar o documento de identificação, sempre que solicitado pelos Serviços.

A Biblioteca está disponível para todos os utilizadores, mas define três tipos de utilizadores: utilizadores internos – utilizadores que se encontram vinculados à  FA, docentes, alunos, e funcionários da FA; utilizadores da UL – utilizadores que façam parte das unidades orgânicas da ULisboa, docentes, alunos e funcionários; utilizadores visitantes - os utilizadores que não pertencem nem à FA, ou à ULisboa.

Solicitar qualquer informação sobre as normas e serviços da Biblioteca, utilizar os seus espaços nas condições previstas pelo Regulamento; utilizar o serviço de fotocópias respeitando os direitos de autor; utilizar os terminais informáticos disponíveis, consultar o catálogo, usufruir dos serviços de empréstimo, e apresentar sugestões ou reclamações. A apresentação da proposta de sugestão ou de reclamação, deverá ser feita através o preenchimento de um impresso “ Sugestão ou reclamação”, disponível online.

Cumprir o com o Regulamento; adotar uma conduta cívica adequada perante todos utilizadores e técnicos da Biblioteca; alertar os técnicos da Biblioteca para situações anómalas (livros em mau estado de conservação, ou mau estado de conservação dos equipamentos); zelar pela integridade das instalações e equipamentos, abstendo-se de qualquer conduta que lhes provoque danos; zelar pela guarda dos seus objetos deixados nas mesas de apoio à consulta da documentação, pois a Biblioteca não se responsabiliza pelo seu eventual desaparecimento; comunicar aos Serviços da Biblioteca a alteração de dados pessoais, nomeadamente na alteração de morada, contactos de telemóvel e de endereço electrónico; apresentar o documento de identificação, sempre que solicitado pelos Serviços.

Se for aluno, não. A apresentação de propostas de aquisição de documentação, é um direito exclusivo dos docentes, e coordenadores de projeto da FA. Os docentes que pretenderam apresentar propostas de aquisição, deverão formalizar os seus pedidos, através do preenchimento de formulário ”proposta de aquisição”, disponível online.

Sim. A Biblioteca dispõe de um Serviço de Referência destinado a apoiar os utilizadores de forma personalizada, por meio de pesquisas nos recursos disponíveis na Biblioteca. Os utilizadores interessados em usufruir este serviço, deverão formalizar o seu pedido, mediante o preenchimento de um formulário disponível online, com uma antecedência de 48 horas.

Sim. Exceto a documentação que se encontra em depósito. Para solicitar este tipo de documentação, o utilizador deverá formalizar o pedido através do preenchimento de um formulário, disponível no balcão de atendimento.

Depois de efetuada a consulta no catálogo, o utilizador deverá registar a cota respeitante e localizar a obra na estante. A Biblioteca está organizada por áreas temáticas. A cota é alfanumérica e constituída por três letras seguidas de um nº sequencial. As publicações periódicas, encontram-se em espaço próprio, e à semelhança das monografias encontram-se arrumadas por áreas temáticas. Para uma melhor identificação das áreas, optou-se um sistema de cores.

Para usufruir dos serviços de empréstimo, os utilizadores internos, docentes e funcionários, deverão ter possuir cartão da Faculdade, e se inscritos pela primeira vez na Faculdade, deverão preencher um formulário “ficha de utilizador da biblioteca”, disponível online. Aos utilizadores visitantes, que apenas usufruem do serviço de leitura de presencial, é-lhes exigido para efeitos de identificação, a apresentação do Bilhete de Identidade, ou cartão de cidadão, o número do cartão de contribuinte, ou documento equivalente para confirmação do número de identificação fiscal (NIF).

Todos os utilizadores que pretendam ter acesso à sala de leitura, deverão deixar os seus objetos pessoais no balcão de atendimento (mochilas, bolsas de senhora, pastas de portátil, sacos, e outros). Aos utilizadores ser-lhes-á entregue uma senha, com um número atribuído, que identifica e localiza os seus objetos pessoais. Os utilizadores deverão manter essa senha em bom estado de conservação sempre que permaneçam no espaço da área da Biblioteca. A entrega dos pertences aos utilizadores só se efetivará, mediante a apresentação da senha, caso contrário a devolução não será efetuada. Os utilizadores que se recusarem a cumprirem esta determinação, ficar-lhe-á vedado o seu acesso à sala de leitura. Os utilizadores poderão manter consigo os telemóveis, desde que estes estejam em modo de “silêncio”. Os utilizadores com deficiência motora, ficam dispensados de deixarem os seus objetos pessoais no Serviço de bengaleiro. Apenas lhe é exigido, e quando solicitado pelos Serviços, a sua identificação.

 

Não. As obras disponíveis para empréstimo domiciliário, são todas aquelas que através da pesquisa do catálogo, apareçam no “status”, a indicação de “disponível”. Dicionários, obras de referência, estatísticas, anuários, obras de consulta interna, publicações periódicas, dissertações de mestrado/doutoramento, e obras em cuja lombada, conter respectivamente a letra (C) cativo, e letra (R), reservado, não são passíveis de empréstimo domiciliário. As dissertações de mestrado/doutoramento, poderão ser alvo de empréstimo a titulo excepcional, se e só se, o seu autor expressar por escrito, o seu empréstimo.
Os utilizadores internos que estiverem interessados no empréstimo desta documentação poderão formalizar o seu pedido através de um formulário “consulta de literatura cinzenta” disponível online. As dissertações que se encontrarem inseridas no Repositório Institucional (RCAAP) não são passíveis de empréstimo.

 

O número de documentos a emprestar em simultâneo são três obras por utilizador, exceto, as obras que são adquiridas expressamente para projetos de investigação, em que o número de obras a emprestar é quinze.

O tempo de empréstimo por obra requisitada é cinco dias úteis, exceto para as obras adquiridas expressamente para projectos em que o tempo de empréstimo é de 100 dias úteis.

Sim. A consulta de fundos documentais que se encontram em depósito, ou em áreas reservadas da Biblioteca, é passível de ser emprestada, mas mediante a formalização de um impresso disponível no balcão de atendimento.  A entrega dos pedidos de documentação, quando solicitados no próprio dia, ficará condicionada à disponibilidade dos recursos humanos disponíveis no serviço de atendimento. Após consulta, a documentação consultada, deverá ser obrigatoriamente devolvidos pelo utilizador no balcão de atendimento, 10 minutos antes do horário de encerramento da Biblioteca. Os utilizadores que pretenderem prosseguir com a leitura de obras requeridas em depósitos para o dia seguinte, deverão formalizar o pedido de reserva para esse dia.

Sim. O utilizador tem direito a duas renovações sucessivas, por igual período de tempo, caso não haja pedidos em lista de espera. A renovação do prazo de empréstimo pode ser requerida junto do balcão de atendimento, por telefone ou por e-mail, até trinta minutos da hora do encerramento dos serviços e no último dia da data da devolução. Se esta situação não se verificar, utilizador fica com a obra em atraso, perde o direito à sua renovação, e torna-se devedor, sendo por isso penalizado. Para que o Para não estar sujeito às penalizações, aconselha-se uma leitura atenta do Regulamento.

Sim. Sempre que o utilizador pretenda consultar uma obra, e que esta esteja requisitada por outro utilizador, poderá fazer a sua reserva. O limite máximo de obras a reservar é de três obras. Quando o utilizador for avisado de que as obras estão disponíveis, e não as vier levantar no prazo de 48 horas, perderá direito à consulta das mesmas.

Sim. O serviço de empréstimo interbibliotecas tem como principal objectivo proporcionar a todos os membros da comunidade o acesso aos documentos não existentes no nosso acervo documental. Para quem estiver interessado, deverá formalizar o pedido através o preenchimento de um impresso “ Serviço de empréstimo interbiblioteca”, disponível online

Sim. A utilização dos portáteis implica que o utilizador possua válida a sua ficha de inscrição e se mantenha em situação regular, ou seja, de não devedor. O utilizador que estiver interessado em fazer uso de um portátil deverá formalizar o pedido através do preenchimento de um impresso “Utilização de portáteis”, disponível online, com uma antecedência de 48 horas

Sim. Na sala de leitura, existem duas fotocopiadoras, em regime de self-service. Para usufruir deste serviço, os utilizadores terão que possuir um cartão. Os cartões são adquiridos junto das fotocopiadoras existindo uma máquina que os emite. Estes cartões são recarregáveis, e têm um custo inicial de 3,35 €, com 50 cópias. É permitida a realização de fotocópias, desde que sejam cumpridas e respeitadas as disposições legais do Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos, bem como toda a legislação aplicável à reprodução de documentos, tanto nacional como internacional, não se responsabilizando a FA por qualquer violação da lei pelos utilizadores. Existe um conjunto de obras, que de forma alguma poderão ser fotocopiadas, designadamente, obras anteriores ao século XX, obras reservadas, obras que se encontrem em mau estado de conservação, dissertações cuja reprodução não esteja autorizada pelos seus autores.